Comissão aprova federalização de rodovia que interliga cidades do Amapá e do Pará

Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Jaqueline Cassol recomendou a aprovação da proposta

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6270/19, que inclui, no Plano Nacional de Viação (PNV), o prolongamento da rodovia BR-156 que interliga a localidade de Cachoeira de Santo Antônio, no município de Laranjal do Jari, no Amapá, ao município de Alenquer, no Pará.

O trecho coincide, em boa parte, com o da rodovia estadual PA-254, numa extensão de 382 km. Atualmente, a BR-156 já conecta Cachoeira de Santo Antônio à fronteira da Guiana Francesa.

Relatora da matéria, a deputada  Jaqueline Cassol (PP-RO) concordou com os argumentos do autor, deputado Eduardo Costa (PTB-PA), e defendeu a aprovação do texto. “A região de influência da rodovia possui grande potencial para exploração econômica sustentável e para o turismo ecológico. Ademais, os núcleos habitacionais existentes ao longo da rodovia podem ser melhor integrados com o acesso rodoviário, o que leva ao crescimento econômico e à melhoria na qualidade de vida da população”, disse a relatora.

Tramitação
O texto será ainda analisado, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

05/11/2021 – 15:17  

Najara Araujo/Câmara dos Deputados Jaqueline Cassol recomendou a aprovação da proposta

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 6270/19, que inclui, no Plano Nacional de Viação (PNV), o prolongamento da rodovia BR-156 que interliga a localidade de Cachoeira de Santo Antônio, no município de Laranjal do Jari, no Amapá, ao município de Alenquer, no Pará.

O trecho coincide, em boa parte, com o da rodovia estadual PA-254, numa extensão de 382 km. Atualmente, a BR-156 já conecta Cachoeira de Santo Antônio à fronteira da Guiana Francesa.

Relatora da matéria, a deputada  Jaqueline Cassol (PP-RO) concordou com os argumentos do autor, deputado Eduardo Costa (PTB-PA), e defendeu a aprovação do texto. “A região de influência da rodovia possui grande potencial para exploração econômica sustentável e para o turismo ecológico. Ademais, os núcleos habitacionais existentes ao longo da rodovia podem ser melhor integrados com o acesso rodoviário, o que leva ao crescimento econômico e à melhoria na qualidade de vida da população”, disse a relatora.

Tramitação
O texto será ainda analisado, em caráter conclusivo , pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Reportagem – Murilo Souza

Edição – 
Natalia Doederlein

56ª Legislatura – 3ª Sessão Legislativa Ordinária

Fonte: Agência Câmara Notícias