Governo do DF incentiva inovação e certifica 50 novas startups

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP-DF) e da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF (Secti-DF), certificou, na manhã desta quinta-feira (3), 50 novas startups, que foram fomentadas e capacitadas no âmbito do programa Start BSB.

A assinatura dos contratos dos projetos de fomento entre as empresas e o GDF proporcionará para os empreendedores o investimento público individual de até R$ 112 mil e um processo de mentoria e assessoria empresarial de seis meses.

A seleção pública contou com mais de mil participantes inscritos no site do programa e 428 propostas recebidas, provenientes das 39 áreas da Ride | Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

Dos mais de 1.000 projetos inscritos, os aprovados abrangeram 53% do DF – oriundos de 17 regiões administrativas -, sendo que 68% dos selecionados têm entre 25 e 40 anos.

Representando o governador Ibaneis Rocha, e acompanhado de outras autoridades, o vice-governador Paco Britto fez entrega simbólica a três projetos selecionados do programa.

“Esse dinamismo agrega eficiência à produtividade dos setores industriais, já que essas empresas fazem gerar oportunidades de empregos de qualidade, oferecendo soluções a problemas emergentes e às necessidades do mercado, e, por fim, girar a economia do Distrito Federal”, afirma o vice-governador Paco Britto

“Eu não tenho dúvidas de que a capital do país será, em breve, uma das maiores referências de empreendedorismo inovador do Brasil. E o programa Start BSB é um importante passo nessa caminhada”, frisou Paco. “Queremos criar vantagens competitivas sustentáveis e promover o crescimento econômico”, salientou.

Os investimentos desta gestão, no programa de incentivo ao empreendedorismo inovador do DF, visam estimular o desenvolvimento de startups no DF e na Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno (Ride).

Na opinião do vice-governador, para sustentar a inovação, é preciso ter condições de promover a existência de um ecossistema de startups dinâmico. “Esse dinamismo agrega eficiência à produtividade dos setores industriais, já que essas empresas fazem gerar oportunidades de empregos de qualidade, oferecendo soluções a problemas emergentes e às necessidades do mercado, e, por fim, girar a economia do Distrito Federal”, elencou Paco.

Como braço operador desse projeto, a FAP-DF atingiu, neste período, um orçamento recorde, segundo o diretor presidente da fundação, Marco Antônio Costa Júnior. “Nunca na história do Distrito Federal foi investido na tecnologia como neste governo”, garantiu, agradecendo ao governador Ibaneis Rocha pelo entusiasmo, apoio e incentivo ao setor.

Segundo ele, atualmente, a fundação está com oito editais abertos, com inscrições que incluem bolsas para a área de desenvolvimento científico.

Histórico

Já o titular da Secti, secretário Gilvan Máximo, classificou esta quinta-feira (3) como um dia histórico. “A FAP vivia nas páginas policiais. Graças a Deus, com muita luta, garra, competência [deste governo], saiu dessas páginas. As empresas tecnológicas sempre tiveram dificuldades no DF”, disse, referindo-se a gestões anteriores. “Este governo dá oportunidade para as pessoas. O governador e Paco tiraram o DF das trevas”, valorizou.

O Start BSB conta com mais de R$ 5 milhões em recursos para investimento em novas empresas de base tecnológica

No discurso, Máximo falou ainda sobre as melhorias destinadas ao setor tecnológico, no DF, citando, por exemplo, a redução do ISS de 5% para 2% e a isenção dos carros elétricos por cinco anos. “Mais de 300 mil CNPJs foram abertos”, completou. “Vamos fazer de Brasília o vale do silício brasileiro”, concluiu, referindo-se a uma economia digital significativa.

Sobre o programa

O Start BSB é um programa de apoio a startups e projetos inovadores voltado para pessoas físicas, maiores de 18 anos e residentes no DF ou Ride, desenvolvido e executado pela FAP-DF e pela Secti-DF e por parceiros estratégicos como o Sebrae e a Fundação Certi.

O intuito da Start BSB é impulsionar o empreendedorismo inovador na capital federal, além de acelerar o desenvolvimento do ecossistema de inovação do DF e Ride, atrair capital humano para a região e possibilitar o desenvolvimento e o intercâmbio de conhecimentos e novas tecnologias.

O programa conta com mais de R$ 5 milhões em recursos para investimento em novas empresas de base tecnológica. Ele prevê aos projetos aprovados, além do recurso na modalidade de subvenção econômica, bolsas, capacitações e suporte para o desenvolvimento do negócio.

Os milhares de participantes inscritos no programa tiveram propostas voltadas nos segmentos de tecnologia, educação, comércio, sustentabilidade, entre outras.

Empresas que atuam no desenvolvimento da inteligência artificial foram as que obtiveram maior pontuação na avaliação do programa, como a Flow Consultoria em Design, a Dyagnosys e a Photos.Live, que atuam, respectivamente, na produção de design de produtos; desenvolvimento de software de teleconsulta e em soluções para produtos de eventos.

A seleção pública contou com mais de mil participantes inscritos no site do programa e 428 propostas recebidas, provenientes das 39 áreas da Ride.

Governo do DF incentiva inovação e certifica 50 novas startups

*Com informações da Secti

 

 

The post Governo do DF incentiva inovação e certifica 50 novas startups appeared first on Agência Brasília.

Fonte: Agência Brasília