Plataforma disponibiliza dados sobre rede federal de ensino

Foi lançada hoje (1º) a plataforma Universidade 360, que disponibiliza com novas funcionalidades informações sobre a rede federal de ensino, universidades e institutos federais. A ferramenta está disponível no site no Ministério da Educação.  

A plataforma disponibiliza, por exemplo, dados sobre instituições, vagas novas, matrículas, pessoas que ingressam e concluem, cursos e municípios, bem como a lista de cada universidade, centro universitário e faculdades da rede federal.

Os indicadores podem ser vistos por série histórica, região e por instituição. As informações também são exibidas também no mapa do Brasil, permitindo a busca por algum dado indo ao estado ou à cidade.

A plataforma elenca não somente registros sobre os cursos de graduação, mas dados sobre os programas de pós-graduação. Eles também podem ser analisados individualmente por instituição, por série histórica ou por indicador.

Um segundo tipo de informação inserida é sobre o orçamento. Foram publicados dados tanto sobre as previsões de recursos das programações orçamentárias quanto sobre o que foi executado, por instituição e por grupos de gastos.

É possível pesquisar modalidades de despesas por meio de filtros, que permitem buscar o quanto foi gasto com itens como bolsas, materiais de consumo, alimentação, passagens, diárias, água e esgoto e energia.  

No evento de lançamento realizado hoje em Brasília, o coordenador do projeto, Poty de Lucena, destacou que a iniciativa ajuda a dar mais transparência às instituições e apoia a tomada de decisão pelos gestores.

“Só se toma decisão se tiver informação. Muitas vezes a gente não tem acesso ou não consegue extrair informação útil. Além disso, tomadas de decisão orientadas por dados trazem economia para o cidadão”, disse.

Projeto

A plataforma foi desenvolvida pelo Ministério com auxílio de uma rede liderada pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB) e com colaboração de outras universidades federais, como de Viçosa (UFV), de Pernambuco (UFPE) e do Espírito Santo (UFES).

Fonte: Agência Brasil