Proposta reconhece a Festa de Nossa Senhora Achiropita como manifestação cultural nacional

Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados
Geninho Zuliani: cerca de 200 mil pessoas participam da celebração em São Paulo

O Projeto de Lei 2475/21 reconhece a Festa de Nossa Senhora Achiropita, evento realizado no mês de agosto na cidade em São Paulo, como manifestação cultural nacional. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Segundo o autor da proposta, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), participam anualmente dessa celebração católica cerca de 200 mil visitantes de todo o Brasil, um público maior do que o registrado em evento similar na Itália.

“Toda a renda arrecadada com o trabalho de mais de mil voluntários financia e mantém obras sociais”, disse Zuliani, lembrando que a paróquia teve origem em 1908, quando imigrantes italianos trouxeram a imagem da santa ao País.

De acordo com a tradição católica, por volta do século 7, na cidade italiana de Rossano, região da Calábria, uma pintura da Virgem Maria foi retratada de forma milagrosa em uma igreja. O nome “achiropita” significa que não foi feito por mãos humanas, e sim por meio de intervenção divina.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados Geninho Zuliani: cerca de 200 mil pessoas participam da celebração em São Paulo

O Projeto de Lei 2475/21 reconhece a Festa de Nossa Senhora Achiropita, evento realizado no mês de agosto na cidade em São Paulo, como manifestação cultural nacional. O texto está em análise na Câmara dos Deputados.

Segundo o autor da proposta, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), participam anualmente dessa celebração católica cerca de 200 mil visitantes de todo o Brasil, um público maior do que o registrado em evento similar na Itália.

“Toda a renda arrecadada com o trabalho de mais de mil voluntários financia e mantém obras sociais”, disse Zuliani, lembrando que a paróquia teve origem em 1908, quando imigrantes italianos trouxeram a imagem da santa ao País.

De acordo com a tradição católica, por volta do século 7, na cidade italiana de Rossano, região da Calábria, uma pintura da Virgem Maria foi retratada de forma milagrosa em uma igreja. O nome “achiropita” significa que não foi feito por mãos humanas, e sim por meio de intervenção divina.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Cultura; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Reportagem – Ralph Machado
Edição – Rachel Librelon

56ª Legislatura – 3ª Sessão Legislativa Ordinária

Fonte: Agência Câmara Notícias